Influenciados pelos “coletes amarelos”, estudantes bloqueiam escolas na França

Segundo a RFI, A mobilização das associações de alunos do ensino médio contra as reformas na Educação tinha, até agora, sido fraca, sem fôlego.

Mas, embalado pela contestação dos “coletes amarelos”, o movimento ganhou força nesta segunda-feira (3), com bloqueios, às vezes marcados por incidentes, em dezenas de colégios na França.

O Ministério da Educação contou nesta segunda-feira de manhã mais de uma centena de escolas secundárias completa ou parcialmente bloqueadas em toda a França. Entre as academias mais afetadas estão Toulouse (cerca de 40 instituições), Versalhes e Créteil (cerca de 20 em cada uma dessas duas cidades da região parisiense).

Em Créteil, um carro foi incendiado, enquanto uma loja foi saqueada perto de uma escola em Aubervilliers, onde confrontos envolveram dezenas de jovens que gritavam “fora Macron”.

Cerca de 200 jovens foram às ruas, vários deles vestindo coletes amarelos, disse uma fonte policial. Sete pessoas foram presas.

Incidentes como lançamentos de projéteis na polícia, incêndios de lixeiras etc. também eclodiram nas cidades de Bordeaux, Toulouse, Pau, Limoges, Dijon ou Lyon. As interpelações também ocorreram.

Em Paris, a reitoria relatou cerca de dez tentativas de bloqueio, mas a maioria foi levantada rapidamente. Nenhuma instituição está completamente bloqueada e não houve incidentes envolvendo estudantes na capital francesa.

Fonte.: Diário do Centro do Mundo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: