Membros de MPs defendem promotores que denunciaram Lula

analise juridica

pixuleco

A denúncia e o pedido de prisão preventiva do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva são frutos de “meses de trabalho sério, dedicação e esforço em prol da sociedade brasileira” dos promotores Cássio Conserino, Fernando Henrique de Moraes Araújo e José Carlos Blat. Isso é o que afirmam 627 membros de Ministério Públicos estaduais em manifesto em apoio aos responsáveis pelo caso Bancoop, que envolve o petista.

Na carta, os promotores e procuradores de Justiça dizem que, “no exercício de suas funções constitucionais, muitas vezes o Ministério Público enfrenta forças políticas e econômicas de diferentes grandezas”. Contudo, eles destacam que tal combate não pode enfraquecer a instituição.

“É indispensável atravessar a turbulência sem pôr em risco conquistas históricas, entre as quais a independência funcional e o poder investigatório dos membros do Ministério Público”, argumentam, destacando que o apoio social que recebem decorre da seriedade de seu trabalho.

Essas mesmas “qualidade técnica, combatividade e independência” nortearam o trabalho de Conserino, Araújo e Blat no caso Bancoop, sustentam. Por isso, os signatários do manifesto desejam força e depositam “toda confiança no trabalho” deles, o qual é “devidamente alinhado à Constituição e às Leis da República”.

Clique aqui para ler a íntegra do manifesto.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: